O que o Covid ensinou sobre Transformação Digital?

O que o Covid ensinou sobre Transformação Digital?

Publicado por nome do autor em data do post

A pandemia do novo Coronavírus, que é causador da doença respiratória Covid-19, mexeu com as estruturas do mundo inteiro, seja na vida das pessoas como no dia a dia das empresas. Trata-se de um acontecimento nunca antes testemunhado pela geração atual e cujos efeitos se espalharão pelos meses (ou mesmo anos) seguintes. Às pessoas, cabe o entendimento que um “novo normal” deve se estabelecer. Às empresas, resta se preparar para uma reorganização das suas diretrizes produtivas — em especial, ao que envolve o processo de Transformação Digital.

A grande dúvida, portanto, é: como fica essa relação daqui para frente? Como os negócios vão reagir à situação e dar continuidade aos seus processos de digitalização?

Primeiro, é preciso entender a situação.

No início dessa jornada, muito se fala em prejuízos. Realmente, é um momento delicado para todo mercado.

Para o Brasil, o FMI calcula que 2020 apresente o pior desempenho financeiro em mais de 100 anos. Em outros países, a situação não é tão diferente.

Além disso, a necessidade de isolamento social para evitar o contágio do Covid desequilibra todas as esferas do mercado.

Enquanto negócios digitais conseguem se virar para manter suas operações, 43% das empresas da indústria brasileira, por exemplo, reportaram impactos já em Março. Em São Paulo, 40% das metalúrgicas chegaram a suspender suas atividades no começo de Abril.

Em meio à incertezas, de uma coisa todos sabem: a rotina precisa ser retomada. Com mudanças, cuidados e práticas novas, é claro. No contexto corporativo, em especial nos setores administrativos ou em empresas com foco digital, esses sinais já deram as caras.

Modelos de trabalho inovadores (mas já estabelecidos) como o home office ganharam espaço para proliferarem em crescerem. Nessa onda, as empresas também se aventuraram a testar novas soluções e ferramentas.

Sem dúvida, se trata de uma nova guinada em direção ao futuro — onde a Transformação Digital é ainda mais importante.

Que tal entender mais sobre essa relação e captar alguns insights sobre como o Covid remodelou os processos de Transformação Digital atuais? Confira o resto do artigo para aprender mais!

A continuidade da Transformação Digital em tempos de Covid

Não é novidade que, em meio à situações de desequilíbrio corporativo, as empresas voltem seus investimentos de Inovação e Transformação Digital para dentro, buscando conservar um modelo tradicional de trabalho. O objetivo é simples: manter a estrutura sólida para aguentar a tempestade.

No entanto, esse pode ser um tiro no pé.

Segundo Steve Bates, CIO da empresa de auditoria global KPMG, empresas que combinem investimentos, apostando em inovação tecnológica e em ações de médio e longo prazo para continuidade de seus negócios, sairão na frente no quesito competitividade.

Mais do que nunca, o dia a dia dos negócios se volta ao campo tecnológico.

Com a necessidade do home office transformando a rotina dos escritórios, as empresas de todo mundo estão apostando em soluções inovadoras que garantam sua produtividade. 

Na Equinix, por exemplo, o desafio era realinhar a rotina produtiva de seus mais de 10 mil funcionários. Para isso, a empresa desenvolveu um “bar tech virtual”: um help desk via Zoom (aplicativo de conversas e videoconferências) que funciona 24 horas, 7 dias na semana.

A empresa também aproveitou as facilidades do aplicativo para criar salas batizadas de “gupshups”: ambientes virtuais para os funcionários baterem um papo ocasional. A ideia é simular o local físico no escritório onde as pessoas se reúnem para conversar — geralmente, próximo à cafeteira ou ao filtro de água.

Essa tendência é uma das principais em tempos de Covid.

Segundo estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV), o home office deve crescer 30% mesmo após a pandemia do Covid.

Apesar da adoção do modelo em caráter emergencial, para muitas empresas ele significa um avanço em várias frentes, como: produtividade e custos (de hardware, manutenção, internet, etc).

É claro que o desafio na comunicação entre times e colaboradores deve ser superado. No entanto, com as tecnologias atuais, times de milhares de pessoas conseguem se conectar e alinhar demandas, responsabilidades e tarefas.

Além disso, a descentralização de aplicações é outro tema que cresce na pauta dos gestores. Quer se aprofundar no tema? Então continue a leitura conosco!

A introdução de uma nova realidade de trabalho

Com o home office, a necessidade de aprimorar o acesso às informações é ainda maior.

Empresas que contam com CRMs com função mobile, por exemplo, podem comandar seu negócio (e administrar seus funcionários) direto do celular. Esse é o caso do Salesforce, CRM #1 no mundo.

A nova realidade também aponta para mudanças estruturais essenciais na mecânica digital do negócio.

Com a pandemia do Covid, a expansão do home office e da demanda digital, a necessidade de uma infraestrutura de TI “cloud first” vai ganhar novos patamares.

Ou seja, negócios cujas ferramentas e processos sejam integrados à nuvem, em modelos como SaaS (Software as a Service), IaaS (Infrastructure as a Service) ou PaaS (Platform as a Service).

O crescimento da indústria de cloud computing já vinha mostrando significante crescimento. Segundo a IDC, só em 2019 nos Estados Unidos, o investimento em tecnologias da nuvem alcançou a cifra de US$ 124,6 bilhões.

Não por menos, um levantamento da 451 Research de 2017 previu que, até 2019, 90% das empresas já usariam algum tipo de tecnologia ou solução na nuvem.

Cloud computing: uma tecnologia para contornar o Covid

Para quem se pergunta o porquê de tal crescimento, a resposta é simples: a tecnologia cloud computing permite às empresas flexibilizar a rotina produtiva em um ambiente escalável conforme suas necessidades.

Muito além de armazenar dados, a nuvem proporciona uma base para que todo tipo de solução seja executada (como é o caso das siglas citadas acima: SaaS, IaaS e PaaS).

Isso tudo levando em conta o cenário anterior à pandemia do Covid.

Agora, quando a palavra-chave para combater o Covid é a flexibilidade, o cloud computing é ainda mais necessário.

O Salesforce, por exemplo, é considerada uma empresa avançada em Transformação Digital justamente pelo pioneirismo com a tecnologia da nuvem.

A solução CRM é um SaaS: um software como serviço.

Ou seja, sua empresa (e seus colaboradores, cada um de sua casa, em segurança) pode acessar o programa de onde estiver. O modelo é baseado em uma assinatura e dispensa a necessidade de uma infraestrutura on-premise — o que obrigaria o trabalho a ser concentrado em um local físico, desqualificando o home office e aumentando seus custos.

Além disso, toda integração é realmente rápida e abrangente: você pode conectar o Salesforce aos mais diversos aplicativos de gestão para obter seus dados e sincronizar informações.

O Salesforce, alinhado com as necessidades diárias das empresas, também pode ser utilizado como um PaaS: uma plataforma como serviço.

Dessa forma, a Salesforce Platform possibilita que você desenvolva seus aplicativos com acesso a uma biblioteca enorme de recursos digitais.

Assim, você consegue personalizar ainda mais o CRM e todo ecossistema de soluções para o seu negócio. Ou seja, sob medida para o seu dia a dia produtivo.

A plataforma otimiza todo processo de desenvolvimento e implementação de novos aplicativos. Assim, você centraliza e concentra todo seu poder de gerenciamento da empresa em um só lugar — mas digitalmente, acessível de qualquer dispositivo.

5 ações para desenvolver a Transformação Digital durante a pandemia

E então, se uma das melhores soluções é continuar apostando da Transformação Digital durante a pandemia de Covid, por onde começar?

Acima, citamos um bom primeiro passo: a adoção de um CRM completo que lhe ajude a organizar todo processo de vendas e gestão de relacionamento com clientes na empresa.

Para isso, o Salesforce é a melhor opção do mercado — não apenas para sua empresa, nem somente no Brasil, mas em todo mundo. Se trata do CRM número #1, uma das soluções mais completas e alinhadas às tendências de Transformação Digital.

Ou seja, possuir o Salesforce diretamente lhe coloca na linha de frente do desenvolvimento e da digitalização.

No entanto, há como complementar esse movimento de mudança. Ao apostar em algumas alternativas certeiras, você posiciona sua empresa como inovadora agora e pronta para um futuro dos mais variados desafios corporativos. Confira a lista!

Automação de Processos

Em tempos de força de trabalho limitada, a saída para potencializar sua produtividade pode estar na automação de processos.

Investimento nessa área devem crescer de forma geral, gerando inovações em tecnologias como IoT, machine learning, RPA (robotic process automation) e inteligência artificial.

Na sua empresa, procure trazer soluções que se destacam no tema, como o Salesforce por exemplo. Com o CRM, você automatiza uma série de tarefas repetitivas que envolvem o back-office do seu negócio, auxiliando na administração do negócio e no processo de vendas.

Análise de Dados

Um mundo mais digital necessariamente se reflete numa produção maior de dados. Esses ativos, tão valiosos hoje em dia, se mostrarão essenciais no futuro pós-pandemia do Covid.

Com o momento de incerteza, a saúde dos negócios apresenta variações diárias — assim como os comportamentos de consumidores. Entender essa rotina urgente é saber que a análise de dados vai desempenhar um papel cada vez maior e frequente no dia a dia corporativo.

Soluções que auxiliem nesse processo, fornecendo recursos de análise e compilação de dados, serão cruciais no planejamento estratégico de todas as empresas. Afinal, servirão de insumo para todas as tomadas de decisão diários do negócio.

Cloud Computing

Já citado, o cloud computing concentra intenções de investimento de todos os lados. Na situação do Covid, em que o trabalho remoto é uma opção obrigatória, serviços como PaaS, SaaS e IaaS integram um guarda-chuva conhecido como XaaS (Everything as a Service, ou “Tudo como Serviço”).

Hoje em dia, a capacidade física dos negócios pode representar um atraso em sua rotina produtiva: sem utilização, tornam-se um problema financeiro e um desperdício de hardware.

O XaaS e a cloud computing permitem que a empresa organize sua infraestrutura conforme necessitar. Ou seja, a utilização dos ativos é completa — e escalável.

Isso significa que, se após a pandemia do Covid, sua empresa crescer 50%, você precisa apenas “aumentar” seus pacotes com os provedores, adequando sua infraestrutura às novas demandas de negócio.

Com essa inovação, sua empresa se mantém e aprimora sua disponibilidade — e ainda se adequa a um futuro onde o trabalho remoto será bem mais amplo.

Autoatendimento

O autoatendimento é uma tendência em constante crescimento no mundo dos negócios, mas que vai despontar durante e após a pandemia do Covid.

Trata-se de recursos, como canais ou plataformas, que guiam todo processo de suporte à funcionários, clientes e parceiros. Tudo isso de forma automatizada.

Ou seja, para problemas rotineiros, o próprio Machine Learning da plataforma pode ser útil em responder, aliviando a barra dos funcionários de TI — que podem focar no aspecto estratégico do negócio, deixando o operacional para a própria máquina.

Além disso, serve de filtro para questões mais complexas e que exijam a atenção de um funcionário. Dessa forma, você organiza toda a estrutura de suporte, priorizando a produtividade e o rápido atendimento às necessidades alheias.

DevOps

O DevOps é uma cultura de desenvolvimento de aplicações que une o setor de desenvolvimento com o operacional. O intuito é reduzir atritos entre as áreas, agilizar o processo de lançamento da solução (e de suas atualizações) e mitigar falhas de comunicação.

Com a pandemia do Covid, essa alternativa é perfeita para empresas de desenvolvimento de software.

Aplicativos próprios de DevOps também possibilitam a automatização de incontáveis tarefas, como testes de software e suporte. Dessa forma, sua empresa sai na frente no quesito conformidade e segurança nas aplicações desenvolvidas.

Invista com inteligência durante a pandemia do Covid

A adoção e o investimento contínuo em soluções de Transformação Digital tem o potencial de preparar a sua empresa para um futuro pós-Covid. Além de representar uma adequação inteligente aos tempos atuais, significa também um posicionamento firme para o que será considerado o “novo normal”.

Agindo agora, a sua empresa estará se preparando para o futuro de forma eficiente, competitiva e, acima de tudo, tecnológica.

Para o seu negócio, talvez seja hora de repensar estratégias e entender quais ações serão benéficas não apenas a curto, mas a médio e longo prazo.

Conte sempre com a Sottelli para decisões como essa! A empresa, especializada na implementação do CRM número #1 do mundo, Salesforce, está de prontidão para auxiliar seu negócio em direção a um futuro de Transformação Digital. Converse conosco!

Feras no assunto

Quando se trata de nuvens Salesforce, somos especialistas em conectar estratégia e agilidade em um só projeto.

Fale com um especialista