Guia SaaS: o que é, benefícios e como usar?

Guia SaaS: o que é, benefícios e como usar?

Publicado por nome do autor em data do post

Já que o assunto do momento é Transformação Digital, que tal expandirmos a conversa e ir um pouco além do conceito? Apesar de ter falado bastante sobre o tema aqui no blog, é sempre bom se aprofundar. Afinal, trata-se de um dos pilares — senão a base — do mercado corporativo do futuro. Dessa forma, como expandir o assunto? Bom, nada melhor do que começar com uma das ferramentas que torna a transformação digital real em mais e mais empresas todo dia: o SaaS ou Software as a Service.

Para os que não conhecem ou não possuem familiaridade com o tema, a boa notícia é que neste conteúdo iremos explorá-lo de ponta a ponta. Um verdadeiro Guia Básico sobre SaaS, para você aprender tudo que há para saber sobre este serviço.

No entanto, antes de mergulhar no conceito, é preciso dar um passo para trás e analisar seu cenário

De onde o SaaS surgiu?

De forma simples, o SaaS só foi possível por conta da cloud computing, a computação na nuvem. Esse segmento inteiro, segundo a consultoria Gartner, pode atingir um valor estimado de US$ 266,4 bilhões em 2020.

Acontece que a tecnologia de computação na nuvem revolucionou não apenas o armazenamento de dados e informações. Ao se livrar de data centers on-premise e servidores físicos, foi possível oferecer algo a mais para as empresas: desempenho em soluções via cloud.

Ou seja, de repente, não era mais preciso instalar um software em seu servidor e baixá-lo em todos os computadores do setor, aplicando chaves individuais em cada um.

Com a nuvem, surgiu a possibilidade de transformar essa execução. Os provedores de nuvem passaram a hospedar esses softwares em suas infraestruturas. Aos clientes, portanto, bastava acessá-los à distância: toda execução era feita pelo provedor de nuvem.

Da mesma forma, aconteceu com plataformas de aplicações inteiras de aplicações, na qual o cliente apenas acessa para utilizar de todos os seus recursos. Há até infraestruturas completas na nuvem, capazes de serem contratadas como serviço.

Esses três exemplos talvez você reconheça pelas siglas:

  • PaaS (Platform as a Service ou Plataforma como Serviço);
  • IaaS (Infrastructure as a Service ou Infraestrutura como Serviço);
  • SaaS (Software as a Service ou Software como Serviço).

Agora que você entende as origens de um SaaS, é hora de estudar o que é, quais seus benefícios, como utilizar da melhor maneira na sua empresa e como fazer dele um vetor para seu desenvolvimento. Vamos lá?

Partindo do conceito: o que é um SaaS?

O SaaS nada mais é que uma solução, um software, disponibilizado via internet, como um serviço. Basta estar online e conectado ao provedor para acessá-lo.

Ou seja, esse modelo dispensa a necessidade de instalação do programa em seu hardware, bem como exime você da responsabilidade de manter o programa, atualizá-lo, reinstalar novas versões, comprar novas chaves, etc.

De forma mais ampla, você também pode encontrar SaaS descritos como “softwares hospedados” ou “software sob demanda”, entre outros. Vale ressaltar ainda a aderência ao modelo: em um espaço de dois anos, o número médio de aplicações SaaS utilizadas pelas empresas dobrou, de acordo com a BetterCloud.

Os SaaS são executados diretamente nos servidores da provedora do serviço ou da nuvem (seja a plataforma ou infraestrutura).

São essas empresas que possuem a responsabilidade de gerir o software, mantendo sua segurança (evitando que dados seus sejam invadidos por brechas na infraestrutura do provedor), garantindo sua disponibilidade e conectividade necessárias para a sua demanda.

Basicamente, é isso que define um SaaS.

Por estar hospedado em um servidor na nuvem, ele se encaixa perfeitamente em sua demanda. Quer saber como? Bom, um software convencional era comprado em uma versão fechada (Pro, Enterprise, etc), instalado em seu servidor e utilizado por sua equipe.

Caso sua demanda fosse menor, você teria uma sobra. Ou seja, pagaria por todos os recursos do software, sendo que precisa apenas de metade ou mesmo alguns deles.

Da mesma forma, se a sua necessidade fosse apenas um pouco maior que o nível intermediário do software, você pagaria muito em uma versão completa.

Dinheiro que, na verdade, estaria gastando sem necessidade.

A vantagem do SaaS é que possibilita que o software se adeque a sua necessidade particular. Por estar nativamente na nuvem, você pode utilizar apenas os recursos necessários — e pagar somente por eles (seja por hora, por recurso ativado, por projeto, etc).

Dessa forma, quando sua empresa crescer, é possível apenas utilizar mais do SaaS e do próprio armazenamento. Com uma demanda mais alta, seu consumo vai aumentar, mas os investimentos estarão parelhos com sua curva de crescimento.

Na contramão, caso sua necessidade pela solução diminuir, é possível compatibilizar custos menores.

Curiosidade: Serviços que são SaaS e talvez você não saiba

Provavelmente, você talvez já utilize um SaaS e nem saiba disso. Sim! O modelo é tão abrangente que já faz parte da nossa vida — mas muitos de nós nem percebemos.

É um dos impactos da Transformação Digital já em ação: transformar, nos meros detalhes, o jeito que as pessoas consomem e interagem entre si — e com as marcas.

Não à, conforme o Clickz, quase metade das empresas americanas já começaram seu processo de transformação digital.

Confira as soluções SaaS que fazem parte dessa revolução:

Salesforce

A Salesforce, uma das principais e maiores empresas de SaaS do mundo, além de ter garantido o prêmio de melhor lugar para trabalhar nos Estados Unidos, embarcou há tempos na onda do “as a Service”.

Atualmente, além do CRM ser um SaaS completo e repleto de recursos, a empresa oferece para clientes um PaaS que pode lhes ajudar a crescer em todos os setores, do atendimento ao TI.

Dropbox

Dos exemplos mais clássicos de SaaS, oferece o serviço de armazenamento de dados e informações na nuvem. Com pacotes de assinatura variados, possui cerca de meio bilhão de usuários — marca que atingiu em 2015.

Google Apps

Sabe os aplicativos do ecossistema Google que você usa em sua conta pessoal? Google Docs, Google Sheets, Google Apresentações, Google Meets e etc, todos são SaaS.

Além disso, o Google Drive pode ser considerado um PaaS, pois é a plataforma que disponibiliza essas ferramentas gratuitas para uso limitado e pessoal.

Netflix

Pois é, muitos não sabiam, mas a Netflix é um SaaS! O serviço de streaming que se espalhou por todo mundo é um SaaS dos mais clássicos: diferentes tipos de assinatura que dão acesso ao seu conteúdo — que nesse caso é focado entretenimento, com filmes, séries e documentários.

Spotify

Finalizando a lista de exemplos, o próprio Spotify! O aplicativo, quase uma obrigação nos notebooks e celulares de todo mundo que gosta de ouvir música, é também um SaaS semelhante ao Netflix.

O serviço possibilita streamings de música e também o download de álbuns (caso for assinante).

Para uma empresa, quais as vantagens de optar por um SaaS?

Ok, até este ponto, o SaaS realmente provou ser um modelo de solução adequado à modernidade. Mas além da alta tecnologia por trás da sua infraestrutura, o que de fato seu uso agrega para uma empresa?

Sabemos que essa é uma dúvida recorrente, por isso, vamos saná-la agora mesmo. Confira os benefícios de utilizar o SaaS!

1# Reduza o tempo desperdiçado

Nada mais de esperar horas ou dias a fio para instalar um software. Com o SaaS, o tempo de instalação é muito mais rápido — com algumas empresas possibilitando até mesmo antes de comprar, em uma versão trial ou freemium, que possibilita ao usuário aprender seu básico.

2# Adaptação facilitada

É muito mais simples para uma empresa se adaptar a uma solução SaaS. Por conta da tecnologia por trás de seu desenvolvimento, é comum que as empresas criem versões próprias para certos cenários (como PMEs).

Além disso, por estar em contato direto com consumidores, o User Experience é um dos carros-chefes dons bons SaaS, apresentando designs intuitivos e que facilitam toda operação, seja para veteranos ou novatos em seu uso.

3# Custos iniciais abaixo do convencional

No SaaS, uma das principais vantagens é que o usuário só paga o que e quanto usar dos recursos do software, de acordo com níveis de assinatura que se encaixam em vários perfis. Ou seja, é possível achar o mesmo software adequado para freelancers, PMEs, Enterprises e também Startups.

Quando falamos em “convencional”, é justamente sobre o modelo que comentamos acima: no qual a empresa adquire uma licença, que acaba custando muito mais caro.

4# Atualizações automáticas 

Outro grande problema de softwares convencionais é que suas atualizações levam tempo, o que obriga o time a ficar fora de operação por horas e horas. Normalmente, são feitas anualmente, o que significa que o software se mantém o mesmo por um grande período.

Assim, é difícil se proteger contra ameaças novas (como vírus ou malwares) que possam surgir no meio tempo.

No SaaS, porém, esse problema é inexistente. Uma das principais vantagens é que, justamente, por estar hospedado na nuvem da empresa, as atualizações são feitas diretamente ali. Dessa forma, o back-bone da solução é atualizado enquanto você e seu time continuam utilizando seus recursos sem maiores problemas.

5# Economia na manutenção

Além de tempo e custo de instalação, software convencionais podem impactar pesado no seu bolso quando o assunto é manutenção e operação. Eles exigem infraestrutura física, como hardwares e data centers on-premise.

Por si só, estes equipamentos requerem um local dedicado, manutenção especializada constante e custos extras, como temperatura estável.

Já com o SaaS você elimina essa preocupação, que cabe à provedora da nuvem. À sua empresa, resta executar o programa e produzir!

A importância do SaaS na transformação digital

Assim como a Transformação Digital, a adoção do SaaS é uma realidade corporativa. De acordo com levantamento da BetterCloud, praticamente 73% das empresas utilizarão apenas soluções SaaS em seu negócio. Impactante, não?

É porque as coisas estão mudando rapidamente.

Agora, a experiência do cliente já uma das principais metas das empresas digitalizadas. Conciliar a satisfação de seus clientes com o uso de ferramentas tecnológicas tem um potencial sem igual: de tornar o seu negócio inteligente e ágil.

O SaaS possibilita justamente a agilidade que você busca para enfrentar o mercado corporativo moderno. Segurança e estabilidade, nesse caso, são pontos-chave para organizações que buscam se destacar.

Ao substituir o convencional e legado pelo moderno, como o SaaS, você opta pelo futuro. De forma escalável, flexível e com alto potencial de desempenho, sua empresa pode alçar voos nunca antes vistos na jornada para a Transformação Digital.

Seja no campo operacional como no estratégico, com a adoção de soluções SaaS, sua empresa passa a operar com um foco: o cliente. Sem se incomodar com assuntos extras, suporte, instalação, incompatibilidade de software ou falta de recursos.

Tudo na palma da sua mão, ao alcance de um clique — seja online ou offline, no caso de ferramentas mais avançadas, como o Salesforce, por exemplo.

Inicie a sua jornada na Transformação Digital com um SaaS

E então, aprendeu tudo sobre o SaaS e sua importância para as empresas? Esperamos que conteúdo sirva de base para que seu negócio se reestruture com a Transformação Digital em mira.

Na verdade, para organizações que buscam começar a sua jornada para digitalização — ou mesmo amadurecer sua transformação — é sempre indicado começar pelo SaaS.

Ao migrar pelos modelos de serviço, você se vê livre de amarras de licenças muitas vezes abusivas, cuja entrega não cumpria com o esperado pelo seu time — e pelo seu cliente.

Portanto, mude, aposte no SaaS e comece logo pela espinha vital do seu back-office administrativo: o CRM.

O CRM da Salesforce, um dos principais e mais completos SaaS do mundo, pode ajudar a sua empresa a organizar toda gestão de relacionamento com clientes. Além de tudo, com ele, você automatiza tarefas e facilita o trabalho de 3 setores de uma vez: atendimento, marketing e vendas.

Que tal potencializar seus resultados, crescer de forma escalável e ainda aproveitar dos benefícios de uma tecnologia inovadora? Então conheça mais sobre o CRM da Salesforce e como esse SaaS pode revolucionar o seu negócio.

Converse com um dos especialistas Sottelli, a Salesforce Partner no Brasil!

Feras no assunto

Quando se trata de nuvens Salesforce, somos especialistas em conectar estratégia e agilidade em um só projeto.

Fale com um especialista