Salesforce compra Slack: descubra tudo sobre esta conquista

Salesforce compra Slack: descubra tudo sobre esta conquista

Publicado por nome do autor em data do post

A Salesforce foi fundada em 1999 e, na última década de sua trajetória, passou a efetuar aquisições bilionárias. A última delas foi anunciada no dia 1º de dezembro de 2020: Salesforce compra Slack, um aplicativo de mensagens para trabalho muito utilizado ao redor do mundo.

Veja, a seguir, alguns detalhes da Salesforce, de suas aquisições, especialmente da recente compra do Slack!

Aquisição do Slack

A Salesforce anunciou a compra do Slack na última terça-feira (1/12) por cerca de US$ 26 bilhões. Os acionistas da Slack receberão, conforme preço de fechamento daquele dia, US$ 26,79 em dinheiro e 0,0776 ação ordinária da Salesforce para cada ação da Slack ou US$ 45,5 por papel.

A notícia sobre a aquisição do Slack pela Salesforce foi antecipada na semana anterior (25/11) pelo diário americano Wall Street Journal. Isso ocasionou uma alta nas ações do Slack nos últimos dias. A oferta final da Salesforce representou um prêmio de 54% desde a notícia sobre o negócio no diário americano.

A compra é uma das principais aquisições da história quando o assunto são empresas de software. Ela está acima da compra do WhatsApp pelo Facebook (US$ 19 bilhões), mas abaixo da compra do LinkedIn pela Microsoft (US$ 27 bilhões) e da Red Hat pela IBM (US$ 34 bilhões).

Mesmo assim, considerando apenas as transações realizadas pela Salesforce, é a maior aquisição já feita pela empresa de computação em nuvem. 

As notícias são divergentes quanto à conclusão do negócio. Há quem aponte que a aquisição seja concluída no segundo semestre de 2021, mas há também notícias sobre o fechamento do negócio no segundo trimestre do ano fiscal de 2022 da Salesforce.

A única certeza é que a aquisição deve passar por todos os processos de aprovação regulatória e depende também de outros trâmites da negociação.

O momento da transação

A atual compra do Slack pela Salesforce aparece em um momento tenso para a plataforma de colaboração em equipe. Nos últimos meses, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, a Slack apresentou muitas dificuldades para capitalizar a mudança para o trabalho remoto. Isso se agravou diante da feroz competição do Teams (Microsoft) e de outros aplicativos, como o Zoom.

Esse cenário fez com que a companhia apresentasse um prejuízo de US$ 147,6 milhões nos dois trimestres iniciais de 2020. 

Marc Benioff, presidente executivo da Salesforce, disse em comunicado que “juntos, Salesforce e Slack irão moldar o futuro do software empresarial e transformar a maneira como todos trabalham em um mundo totalmente digital”. 

Stewart Butterfield, fundador e atual CEO da plataforma de mensagens, pontuou que “a Salesforce deu início à revolução da nuvem e, duas décadas depois, ainda exploramos todas as possibilidades que ela oferece para transformar a forma como trabalhamos. A oportunidade que vemos juntos é enorme”.

A plataforma Slack permanecerá sob a liderança de Butterfield e, após a conclusão da operação, passará a ser uma unidade operacional dentro da Salesforce.

Slack x Microsoft Teams

O objetivo da Salesforce ao comprar o Slack é aumentar suas ofertas de trabalho remoto para enfrentar a Microsoft e sua ferramenta de colaboração em equipe, o Teams, sua maior rival. A líder mundial em CRM em nuvem deseja proporcionar uma integração profunda do Slack com seu serviço em nuvem.

O Slack tem como foco a comunicação corporativa interna (entre funcionários) e o contato de empresas com clientes e parceiros externos. No ano passado, quando a companhia fez uma das principais aberturas de capital do setor de tecnologia, chegou a atingir o valor de mais de US$ 23 bilhões.

Porém, a plataforma passou a ver a disputa com outras ferramentas, principalmente o Teams, mais acirrada. Algumas empresas trocam o Slack pelo Teams devido às possibilidades de uso nas versões gratuitas. No Slack, por exemplo, há limites que impactam empresas a longo prazo. É o caso de armazenamento de arquivos e aplicativos, ou máximo de mensagens armazenadas na nuvem. 

Com a aquisição pela Salesforce, poderemos ter novidades em breve para que a ferramenta aumente sua competitividade e supere a maior rival.

Vale destacar, ainda, que a disputa entre Slack e Microsoft Teams não é novidade. Em julho de 2020, o Slack ajuizou uma ação na União Europeia contra a Microsoft devido a práticas anticompetitivas. Conforme consta na petição inicial da parte acusadora, a Microsoft teria violado leis de concorrência da UE ao oferecer sua ferramenta em conjunto com o Office 365.

Aquisições bilionárias da Salesforce

Antes da aquisição do Slack, a empresa líder mundial de CRM já tinha realizado outras compras bilionárias. 

Em 2019, comprou a Tableau, empresa de análise de dados, por US$ 15,7 bilhões. Essa movimentação foi considerada altamente estratégica devido ao momento de transição e adaptação das empresas ao ambiente digital.

Em 2018, comprou a MuleSoft, empresa que fornece software de integração para conectar aplicativos, dados e dispositivos,. por US$ 6,5 bilhões. Em 2016, a aquisição foi da Demandware, solução de comércio eletrônico, por US$ 2,8 bilhões. A plataforma foi incorporada à Salesforce para se tornar a conhecida Commerce Cloud.

Por fim, em 2013, houve compra da ExactTarget por US$ 2,5 bilhões, que deu origem ao Salesforce Marketing Cloud.

Além dessas transações, efetuou outras aquisições menores, na casa de US$ 1 bilhão, que ganharam bastante força no contexto da pandemia em que vivemos.

Saiba mais:

A Salesforce foi a empresa pioneira que substituiu softwares de CRM tradicionais em desktops pelo CRM na nuvem. A facilidade de acesso de qualquer lugar e a qualquer momento fez com que a empresa se tornasse a solução líder mundial de CRM.

A plataforma alcançou um sucesso tão grande que a Salesforce foi considerada, pela Forbes, como uma das empresas mais inovadoras do mundo em 2018. A Fortune a qualificou, entre 2013 e 2019, como uma das empresas mais admiradas do mundo. E, de acordo com o IDC, Rastreador Semestral de Software no Mundo, a Salesforce é o CRM nº 1 do mundo. 

Essa solução de gerenciamento de relacionamento que reúne empresas e clientes oferece a todos os departamentos uma única e compartilhada visão de cada cliente. Os setores de marketing, e-commerce, vendas e atendimento ao cliente utilizam ferramentas poderosas para otimizar seu trabalho e fornecer experiências personalizadas ao público-alvo. 

Com suas soluções, a Salesforce espera ajudar as empresas a:

  • Responder rapidamente aos problemas relatados pelos clientes em qualquer canal;

  • Atender às expectativas dos clientes ao oferecer experiências incríveis de compra;

  • Conquistar mais clientes, atendendo às suas necessidades e preocupações;

  • Atrair mais compradores devido à estratégia de marketing personalizada;

  • Automatizar tarefas repetitivas por meio de aplicativos personalizados.

 

A compra do Slack pela Salesforce é mais uma maneira de agregar valor ao negócio da líder mundial em CRM em nuvem. Mais de 150.000 empresas de todo porte utilizam a Salesforce para expandir seus negócios.

Quer saber como as soluções Salesforce podem alavancar sua empresa? Entre em contato com a Sottelli!

Feras no assunto

Quando se trata de nuvens Salesforce, somos especialistas em conectar estratégia e agilidade em um só projeto.

Fale com um especialista